Aromaterapia, feminino

Psicologia do Feminino x Aromaterapia

Segundo Peter e Kate Damien, no livro Aromaterapia: aroma e psique, as mulheres são mais vulneráveis e suscetíveis as mudanças de humor e doenças psicossomáticas. As mulheres tem uma maior afinidade com o uso terapêutico da aromaterapia devido aos fatores psicológicos, biológicos e comportamentais. Vejamos mais informações curiosas a respeito da psique feminina:

Mulheres são perpetuadoras emocionais, tanto transmissoras quanto receptoras de sinais, energia e vibrações emocionais. São capazes de perceber a linguagem corporal, expressões faciais, toque físico, sensações psíquicas, mudanças de odor e no tom da conversa.

Mulheres são mais capazes de verbalizar seus sentimentos pois o corpo caloso no cérebro facilita a conversa interna entre os hemisférios cerebrais.

Mulheres são mais aptas a descrever os odores verbalmente e a expressar seus efeitos na alteração do humor.

Apesar das mulheres considerarem tão felizes quanto homens, são duas vezes mais propensas a sofrer de depressão e ansiedade como também são aptas a reclamar a sua condição e buscar ajuda mais do que os homens.

Mulheres respondem melhor com uso de aromas e aderem melhor ao uso da aromaterapia.

Devido a exclusividade da anatomia, fisiologia e psicologia feminina, a aromaterapia é um sistema de saúde holística ideal para mulheres!

Mulheres, juntas somos mais fortes!

Aromaterapia, Óleos essenciais, Plantas

Cipreste – oleo sagrado do consolo e das transições da vida

Cipreste sempre presente na arte e na vida.

Aquarela feita por mim.

Planta sagrada que representa o consolo e as transições da vida.

Esta preciosa conífera está presente em diversas jornadas pela humanidade, desde as múmias até os cemitérios, símbolo da vida que persiste após a morte.

Cipreste se dirige aos céus, numa postura de que mesmo fincados aos apegos da terra, devemos nos apegar também aos céus.

Uma planta de movimento fluídico aos ventos, ajuda fluir também nosso sangue pelas veias e também toda a energia “qi” pelo corpo. Ajuda-nos a desbloquear o que está estagnado e nos permite aos poucos a soltar e deixar ir…

A madeira de cipreste resiste ao apodrecimento e pragas, portanto energeticamente nos traz coesão e estabilidade em momentos de transições da vida, como perdas e o luto.

Cipreste deve ser usado quando as pessoas estão em busca de equilíbrio ou apresentam dificuldade de lidar com a transitoriedade da vida.

Associado ao deus Plutão, senhor do submundo e, para a astrologia, símbolo da transformação psicológica, reforça a nossa conexão com a renovação interior. Seu óleo ajuda a desbloquear o medo da mudança e bem como trabalhar sentimentos reprimidos venham a luz de nossa consciência.

Argila - Geoterapia

Argilas – Geoterapia

A argila é um componente de origem mineral, coletada diretamente do solo, composta em sua maioria por alumínio (óxido de alumínio), sílica (óxido de silício) e água.

O uso da argila é um dos mais antigos conhecidos e de resultados efetivos, tal fato só é possível devido a grande quantidade de minerais presentes em sua composição, que se assemelham aos presentes no corpo humano. Mesmo sendo um medicamento tão antigo apenas a algumas décadas a geoterapia (significa “tratamento com a terra, lama, barro”) vem sendo muito utilizada, porém voltando-se mais para tratamentos estéticos e terapias alternativas.

Tem aplicabilidade como emplastros e compressas para alívio de dores, cicatrização de feridas, tratamento para dores reumáticas, máscaras de tratamentos e embelezamento faciais e corporais.

Pode ser diluída em água mineral, soros, chás de ervas de acordo com efeito que desejar. Ainda pode-se adicionar óleos essenciais na sua mascara de argila, desde que a base seja num gel de aloe ou creme neutro para fazer a mistura dos óleos que, quando combinados, potencializam os efeitos desejados.

O custo benefício dá argila é relativamente baixo e deve-se usar marcas onde as argilas tenham procedência.

Conheça suas cores e aplicabilidade no diagrama abaixo:

Escolha a sua e use uma vez na semana misturando uma colher de sopa de argila com água mineral, soro ou gel de aloe vera e aplicar no rosto como máscara facial. Deixe agir por 15 minutos e enxágüe com água abundante.

Não há contra indicações a não ser que seja alérgico a alumínio, silício ou outro componente mineral da argila.

Eu gosto muito da argila amarela para desintoxicar área de digestão e a argila verde para edemas e para aliviar dores.

Experimente as argilas medicinais e me conte aqui! 😉

Sem categoria

Hortelã-pimenta para Síndrome do Intestino Irritável (SII)

Olha que legal…

Há diversos artigos acadêmicos que evidenciam o uso do óleo essencial de hortelã pimenta para melhora do quadro sintomático de SII. Neste presente artigo, uma revisão bibliográfica sistemática compara estudos clínicos randomizados quanto a eficácia do uso da substancia mebeverina com outros estudos que relatam a eficácia da hortelã pimenta. Os autores concluem através de criteriosa análise que, evidenciou-se a superioridade da terapia com óleo de hortelã-pimenta no alívio do quadro clínico intestinal quando comparado com o placebo.  Já com o cloridrato de mebeverina mesmo apresentando efeitos positivos em alguns dos ensaios, no geral obteve resultados semelhantes aos do placebo. O fitoterápico mostrou promover uma diminuição evidente do escore geral dos sintomas e ainda com mínimos efeitos adversos aos participantes.

Atenção: O uso deste óleo essencial é feito oralmente para que o tratamento de SII. Quando se trata de ingestão de óleos caso não tenha familiaridade e conhecimento, consulte um aromaterapeuta ou profissional que tenha conhecimentos também em aromaterapia.

O importante de se consultar artigos científicos para ampliarmos nosso conhecimento e a forma de aplicação dos óleos essenciais de forma clínica é imprescindível. Contudo precisamos entender e saber analisar estes artigos. Há muitos estudos sobre plantas que ficam a nível de testes laboratoriais em animais e poucos estudos são realizados em pessoas. Estudos em humanos são mais complexos pois há muitas variantes para realização, coleta e análise de resultados.

Gonçalves, C C; Pessoa, F M d L; Mancarz, G F F; Cavassin, , F. B. Síndrome do intestino irritável: mebeverina ou óleo de hortelã-pimenta? Uma revisão crítica baseada em evidências. Revista Fitos. Pag-385-402. v. 15 n. 3. 2021. Rio de Janeiro. Doi: 10.32712/2446-4775.2021.1090

Disponível em < https://revistafitos.far.fiocruz.br/index.php/revista-fitos/article/view/1090 >.

Aromaterapia, Óleos essenciais, Plantas

Sandalo – Santalum album

Flores de Sandalo

Seu calor me cruzou
Através de meu corpo e alma
Expandindo meus sentidos
A energia sexual-sacral subiu ao meu coração e ali se uniu

Num casamento espiritual
Sinto pulsar o Divino que me habita
Trazendo contentamento e coragem
Acionou o impulso criador
O fogo espiritual
O doce mel dos céus

Acesso através de uma meditação usando o óleo essencial de Sandalo.

Aromaterapia, Óleos essenciais

Cuidado! Esses 9 erros irão destruir seu tratamento de aromaterapia [e com sua saúde]

  1. Ingerir OE diluído na água todos os dias
    OEs NÃO É SUPLEMENTO! São substancias farmacológicas e que possuem ação terapêutica. Fazendo o uso diário via ingestão as chances de uma intoxicação hepática e nefrológica são grandes. CUIDADO!
  2. Não diluir os OEs para passar na pele
    OE possuem contra-indicações tais como ser fotossensibilizantes a luz solar, causar queimaduras e irritações na pele.
  3. Inalar uma gota pingada na mão
    Não é que não funcione, mas não é a melhor forma de se usar. Está a usar o OE puro sobre a pele e o risco aqui é de um pequeno acidente.
  4. Usar gotas de lavanda no travesseiro para dormir
    Esta também não é a melhor forma de usar para disturbios do sono. Você pode se intoxicar com cheiro e acabar não dormindo direito. Há outras formas de usar OEs para cuidar do sono.
  5. Usar gotas de qualquer OE em produtos cosméticos industrializados
    JAMAIS adicione OEs nestes produtos de prateleira pois os mesmos não diluem adequadamente e as chances de alergias, irritações e até queimaduras na pele e nos olhos podem ocorrer.
  6. Usar difusores pessoais o dia todo
    Tem gente que usa 1-3 gotas no colar-difusor e fica o dia todo com ele. Sabemos que nossa narina possui um sistema de proteção contra excesso de cheiros e o cérebro acaba “se acostumando” com o estimulo. O ideal é reaplicar as gotas 3x ao dia e cheirar ou quando se fizer necessário.
  7. Usar difusor ambiental por horas
    Atendi a várias pessoas que tiveram reação alérgica por dormir com o difusor ligado a noite toda com OEs pelo ambiente. A depender do OE, podem causar irritabilidade na mucosa nasal e acabar ressecando ou deixando o nariz congestionado. Difusão deve ser usada 30 minutos ligado 3x ao dia a depender da situação.
  8. Usar OE de melaleuca puro na calcinha
    Algumas mulheres que atendi já utilizaram a melaleuca pura na calcinha contra a candidíase. Saiba que esta também não é a melhor forma de tratar este problema e principalmente por estar usando OE puro diretamente com a pele.
  9. Usar todos os dias OEs em casa, no colar, no creme, na roupa, no carro etc
    Saiba que está apenas a sobrecarregar seu corpo com um superestímulo de moléculas e as chances de desenvolver algum mal estar ou uma alergia de longo prazo são grandes.

Tenha cuidado ao utilizar um óleo essencial para que seu uso seja seguro para você e as pessoas que estão em sua volta.

Aromaterapia, Óleos essenciais

7 óleos essenciais para seu Kit primeiros socorros

Sempre me perguntam quais oleos essenciais devo ter em casa para uma “famácia natural”. Abaixo deixo os oleos essenciais com suas principais propriedades terapeuticas. Poderiam ser outros oleos mas isso irá depender quais os problemas de saúde mais decorrentes, se há crianças e idosos em casa para que esta “famarcinha aromática” seja mais direcionada.

A aromaterapia é muito versátil e ela pode ser utilizada para muitos fins graças a incrível variabilidade de compostos químicos presentes nos oleos essenciais.

Lavanda: cicatrizantes de queimaduras e feridas, bom para picadas e coceiras, analgésico muscular e de dores de cabeça, antiespasmódico (colicas), disturbios do sono;

Melaleuca: infecções em geral, gripes e resfriados, sinusite, micoses, baixa imunidade;

Gerânio: repelente, anti-hemorrágico, flebotônicos (varizes, má circulação), antiespasmódico (cólicas menstruais, cãibra), cicatrizante e citofilático (problemas de pele em geral);

Copaíba: cicatrizante, anti-hemorrágico, analgésico, inflamações em geral, repelente;

Eucalipto glóbulos: expectorante e descongestionante, alivia muitos problemas respiratórios, bronquite, sinusite, tosse, catarro; antiviral contra gripes e resfriados; alivia dor de cabeça;

Gengibre: analgésico e antiinflamatório de dores articulares; estimulante digestivo: má digestão, azia, enjoos, náuseas, constipação, flatulências;  

Limão: antiviral (gripes e resfriados); antiinfeccioso do sistema respiratório, digestivo (náuseas, digestão dolorida, gastrite, refluxo, flatulência); diurético, ativador de circulação, imunoestimulante, litolíticos (cálculos na vesícula ou vesícula lenta);

Como devo usar em casa?

Problemas respiratórios: usar em difusores ambientais para prevenção ou vaporizaçao a quente para expectorar e liberar catarro e muco. A massagem com óleo vegetal ou creme neutro com os óleos essenciais escolhidos sobre peito e costas também pode aliviar a tosse e a respiração;

Vaporização a quente

Dores e inflamações articulares e musculares:  um bom óleo vegetal carreador como gergelim ou sementes de uva, ou creme neutro para utilizar os óleos essenciais diluídos para massagear áreas doloridas; passar 2 a 3x ao dia até aliviar as dores.

Automassagem ou friccção sobre area dolorida

Problemas de pele: queimaduras, dermatites, feridas, ulceras, acne, picadas e coceiras na pele são terríveis. Use os óleos essenciais escolhidos diluídos em óleos vegetais que tenham propriedades cicatrizantes como rosa mosqueta, óleo de girassol e andiroba; passar de 1 a 2x ao dia para problemas mais leves de pele e 2-3x para feridas e queimadura doloridas.

Problemas digestivos: aqui não indicarei uso interno pois existem diversas contraindicações. Você pode usar o(s) óleo essencial(s) escolhido(s) diluí-los num gel ou creme neutro e massagear a região do abdômen em movimento sentido horário sobre o estomago e intestinos de 2 a 3x por dia até que os sintomas melhorem. Compressas quentes com toalhas ou tecidos de algodão umedecidos em água quente e os oleos diluídos em alcool são bem vindos para colicas abdominais e menstruais. Para náuseas e enjoos a melhor forma é através da inalação.

Compressa quente ajuda a relaxar e aliviar colicas abdominais e mentruais

Cuidado com o uso dos oleos essenciais puros sobre a pele e mucosas. Alguns óleos essenciais acima são contraindicados para crianças e idosos.

Nunca misture oleos essenciais com produtos ou cremes industrializados. Busque por oleos vegetais de qualidade ou creme neutro sem oleo mineral, parabenos e parafina para uso dos oleos essencias sobre a pele.

Para fazer sprays ambientais usar alcool de cereais. Na vaporização a quente com “cabaninha”, como nossas avós nos ensinavam, usar 1 colher de alcool de cereais glicerina vegetal para diluir os oleos essenciais e depois adicionar sobre agua quente.

Em se tratando de oleos essenciais mesmo que sendo natural requer cuidado nas dosagens. Na dúvida consulte um aromaterapeuta para lhe auxiliar melhor nas escolhas e as indicações adequadas.

Aromaterapia, Óleos essenciais, Datas Comemorativas

Aromaterapia para o Ano Novo

Você sabia que a palavra Réveillon, no francês, significa “despertar”?

Vamos “despertar” através dos cheiros dos óleos essenciais um novo olhar para o proximo ano que se inicia. Farei uma breve abordagem, associando os dados da numerologia e a astrologia para o ano de 2022 com a aromaterapia.

Com base da numerologia pitagórica, somando todos os números de 2022 (2+0+2+2=6) será um ano com vibração 6. Pela numerologia, o número 6 traz em si características de criatividade, espontaneidade, de amor profundo e completa entrega. Aliás, o amor também está presente na família e nos papéis que desempenhamos. Será um ano para trabalhar a harmonia, assuntos relacionados a família, responsabilidades, diplomacia.

Já para a Astrologia, teremos um ano regido pelo planeta Mercúrio que entrará em regência em 20 de março de 2002. O planeta Mercúrio representa o mensageiro, o intérprete e o tradutor de tudo aquilo que está dentro da mente e do coração do homem. Representa também tudo que é formulado por meio dos seus pensamentos, além de captar o que está fora da mente do homem. É um planeta rápido e voltado para as trocas mentais, intelectuais e para as amizades. Podemos esperar por um ano que passará rápido, bons acordos e negociações, tanto no nível pessoal quanto entre países.

E como a aromaterapia pode auxiliar para nosso novo ano?

Os óleos essenciais são excelentes para promover saúde e bem estar físico e emocional e também são ótimos para atrair boas energias para nossa vida. O uso de óleos essenciais pode ser feito através de difusores de ambiente ou colares de difusão pessoal até mesmo diluídos em álcool de cereais para ser feito um spray borrifador.

Como 2022 será um ano ligado a família, as trocas e a comunicação de todos os tipos, algumas sugestões serão postas abaixo:

Facilitar a comunicação de forma limpa e não violenta

Para trabalharmos a comunicação fluída e não violenta, permitindo que nos expressemos mais abertamente nossas ideias e ideais, podemos utilizar:

Anis ou erva-doce: óleos de sementes são excelentes para quem pensa muito, tem muitas ideias, mas tem dificuldade em expressá-las e pôr em prática.

Capim-limão (lemongrass): um óleo que nos ajuda a expressar coisas que não temos coragem e que estão reprimidas de forma mais tranquila. Alivia as tensões na hora da comunicação e não engolir “sapos”.

Capim Limão ou Lemongrass (ingles)

Eucalipto glóbulos: melhora nossa respiração, ampliando nossa visão, traz mais inspiração/criatividade e foco para falar.

Para trabalhar questões familiares

Questões relacionadas a família podem vir a tona neste ano de 2022. Podem ser conflitos ou ressentimentos para serem solucionados ou até mesmo unir mais a família.

Camomila-romana: óleo essencial que acalma e facilita a liberação de emoções de ressentimento, agressividade e raiva. Ajuda a perdoar e traz de volta o sentimento de inocência e pureza. Restitui a vontade de viver e recomeçar.

Camomila romana

Ylang-ylang (ilang-ilang): conhecido como óleo da celebração, trabalha transmutando o egoísmo, traz o amor pelo o outro, estimulando o dividir e partilhar. Melhora nosso humor, considerado afrodisíaco, útil para relacionamentos que apresentem brigas, ciúmes e medo de intimidade.

Óleos cítricos: são excelentes para revitalizar, traz clareza mental, leveza e alegria para os ambientes da casa. Use e abuse de laranja doce, tangerina, limão, mandarina e grapefruit.

Para trazer sensação de paz e tranquilidade para seu lar

Use o mais clássico dos aromas, a lavanda francesa, para acessar a paz e a tranquilidade do seu lar. Ela é sedativa e calmante, traz a sensação de conforto e limpeza para os ambientes da casa. Outra sugestão que promove um encontro com a paz é o óleo essencial de Olíbano, uma resina sagrada oferecida a Jesus pelos Reis Magos, que nos conecta com os reinos superiores.

Lavandas

Para ativar a prosperidade

As especiarias do oriente no passado eram item de luxo e somente os mais ricos podiam compra-la. Hoje, são facilmente acessíveis e tradicionalmente trazem a energia do movimento (pois viajavam longas distancias) e da abundância. A canela tem um cheiro vibrante traz alegria e prazer de viver. Atua nos padrões mentais de escassez e insegurança no sentido de desamparo. Excelente para nos desapegar do velho e nos abrirmos para novo.

Outra sugestão é óleo de pimenta negra que seu aroma quente nos fortalece, dá coragem para irmos em busca de nossos objetivos e sonhos. É uma planta que trabalha o nosso senso de merecimento.

Atenção: óleos essenciais possuem contraindicações!

Evite o uso diretamente sobre a pele, apenas diluídos em óleos vegetais graxos, álcool de cereais ou pingados diretamente no difusor. As contraindicações são evitar o uso em crianças, grávidas e idosos. Na dúvida, faça o uso acompanhado de um profissional aromaterapeuta.

Um feliz, aromático e abençoado Ano Novo de boas vibrações!

Plantas

Cana-do-brejo (Costus spicatus)

A cana do brejo (Costus spiralis e Costus spicatus) é uma planta nativa, porém, não endêmica do Brasil, com ocorrência desde o México até a porção sul do Brasil. Mais comum em áreas úmidas, como beira de rios ou lagos, mas também pode ocorrer em áreas de savana ou afloramentos rochosos.

Você vai encontrá-la nos jardins com fins ornamentais, tanto para o cultivo quanto para flor de corte, devido à beleza de suas inflorescências. Pode ser cultivada junto a muros, em renques ou à beira de lagos ou piscinas naturais.

O fato de ser diurética, te ajuda no controle da pressão arterial e ainda tem atividade vaso relaxante, o que comprova ainda mais que seu uso por hipertensos pode ser muito eficiente.

Indicada para quem tiver glicemia alta pois ela atua sobre o pâncreas, estimulando a produção de insulina.

Uma opção maravilhosa, é usar essa planta em casos de desidratação. Se tiver com diarreia ou fizer muito exercício físico, um suco delicioso dela vai repor os minerais que você precisa.

É também muito eficiente em combater bactérias e fungos, inclusive a Cândida albicans, causadora da candidíase e nos casos de infecções urinárias. Inclusive já utilizei para infecção urinária e em três dias tomando seu chá melhorou muito!

As folhas, hastes e rizomas são usados na medicina popular para o tratamento de cálculos renais, sífilis, nefrite, cistite, controle da diabetes e para inflamações e dores, essa planta medicinal é uma ótima opção por ser analgésica e anti-inflamatória.

USO CULINÁRIO:  Suas folhas, bem jovens, podem ser consumidas como verdura. Podem também ser socadas ou usadas no preparo de sucos verdes.

As flores podem ser usadas para decoração comestível, servidas como salada, pura ou com outras hortaliças e frutas.

USO MEDICINAL: Historicamente usada pelos caboclos, especialmente em emplastros, para dores, edemas e contusões. Indicado a afecções urinárias (infecções, cistites, nefrites, litíase renal, albuminúrias) como diurética e depurativa. Bom para amenorreia, como emenagoga (que favorece a menstruação).

USO ESPIRITUAL: nas religiões de matriz africana, cana-do-brejo é muito utilizada para banhos de descarrego, limpeza e proteção. De acordo com a fitoenergética, a planta aumenta a inteligência, a criatividade e a capacidade de criar projetos, teorias, planos e modelos para as coisas em geral. Gera a capacidade de buscar respostas utilizando a intuição. Amplia os canais sensoriais de vidência, clarividência, intuição, olfato e paladar; aumenta a sensibilidade extrafísica sobre tudo. Equilibra a razão e a emoção.

CONTRAINDICAÇÕES: contraindicada na gestação e na lactação. Evitar em pessoas com cálculos renais de oxalato de cálcio.

Você conhecia esta planta? Sabia que ela tinha uso medicinal?

Plantas

Hortelã-grosso

Você conhece a hortelã gigante ou grosso?

Com cara de boldo e aroma de orégano. Parece uma suculenta mas não é!

A espécie Plectranthus amboinicus (lour.) Spreng., conhecida popularmente como hortelã da folha grossa, malvariço e hortelã-graúda, dependendo da região, é encontrada com malva-santa, hortelã-da-folha-grossa, hortelã-de-folha-grande, hortelã-gorda, hortelã-pimenta, hortelã-do-norte, hortelã-mexicana entre outros. Pertence à família Lamiaceae a mesma das outras hortelãs, boldos, manjericão, lavandas.

Ela é uma PANC (planta alimentícia não convencional)! Devido ao seu sabor e odor, a hortelã da folha grossa possui usos similares ao do orégano, da sálvia e do tomilho pode ser utilizada em massas e saladas e como tempero para carnes. Quem me doou a muda me ensinou a picar miudinho e colocar no vinagrete, fica ótimo!

Ela é uma PANC e os benefícios do consumo incluem:

• Aliada no tratamento de dor de ouvido, cabeça e infecção de garganta;

• Excelente para inflamação no colo do útero e febre;

• Utilizada em casos de gripe, asma, bronquite, coriza e rouquidão;

• Seu aroma forte funciona como pesticida natural, podendo ser utilizada para espantar ratos;

• Apresenta forte ação fungicida e antibacteriana;

O chá das folhas de hortelã da folha grossa é indicado principalmente como antimicrobiano, expectorante e broncodilatador, sendo amplamente utilizado no tratamento de gripes e resfriados, tosse, rouquidão e inflamações da boca, das gengivas e amígdalas.

O chá nunca experimentei mas as folhas quando quebradas exalam cheiro delicioso de  orégano/tomilho.

Depois de três anos com ela em casa, decidiu dar uma linda florada! Lembra as flores do manjericão e do boldo. Não são lindas??

Você conhecia está espécie de hortelã?